Curitiba

Abertas inscrições para programa de retomada para empresas de turismo

Na primeira fase do plano realizada no ano passado foram atendidas 534 micro e pequenas empresas

Empresários do setor do turismo em Curitiba já podem se inscrever na segunda etapa do Plano de Retomada Econômica do Setor Turístico de Curitiba, promovido pelo Sebrae/PR e pela Prefeitura da capital paranaense. O objetivo é capacitar e auxiliar os empresários, por meio de consultorias e atendimentos individuais, para enfrentarem a crise financeira por conta da pandemia, além de estimular a criação de produtos e serviços inovadores. As inscrições estão até o dia 25 de maio e podem ser feitas pelo link.

“Já estamos com a expectativa das vacinas, mas os empresários precisam estar preparados para continuar oferecendo e criando serviços e produtos adaptados para o momento, além de realizar as adequações necessárias nos atendimentos ao público”, avalia a coordenadora estadual de Turismo do Sebrae/PR, Patrícia Albanez.

Já a presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra, explica que, além de preparar as empresas para crescerem mesmo em meio à pandemia, a intenção é fortalecer Curitiba como um destino turístico inteligente.

 “Queremos que as empresas tenham a inovação como uma de suas premissas, oferecendo produtos e serviços diferenciados e que agreguem valor aos turistas que vêm a Curitiba”, explica.

Na primeira fase, que ocorreu entre os meses de outubro e novembro, foram atendidas 534 micro e pequenas empresas, sendo que 360 delas tiveram o foco no tema inovação, além de 130 candidatos a empresários. Ao todo, foram realizados 1.109 atendimentos, 2.022 horas de consultoria e mais 90 horas no programa de capacitação Acelera Digital, voltado para potencializar a presença das empresas nos meios digitais.

O programa é destinado a empresas de serviços de alojamento e hospedagem, alimentação, equipamentos de transporte, agências e organizadoras de viagens, atividades esportivas e recreativas, organização de eventos (exceto culturais e esportivos), espaços para eventos, produtos associados ao turismo, como artesanatos, produtos têxtis, entre outros.

Na prática

Uma das participantes do programa de retomada no ano passado foi a empresária Maria Lopes Bonamigo, do restaurante Jeito Mineiro. Como uma maneira de criar uma alternativa às perdas registradas pelo seu negócio em meio à pandemia, ela colocou em prática um antigo sonho de criar a própria marca de alimentos congelados a partir de receitas caseiras, como dobradinha, rabada, feijoada e lasanha. Ela acaba de lançar a marca Jeito Mineiro Express, à venda em seu próprio restaurante, e pretende expandir as vendas para supermercados. Para tirar a empresa do papel ela contou com o apoio das consultorias do Sebrae/PR.

Maria Lopes Bonamigo

“Fizemos uma consultoria voltada para a precificação dos produtos, uma vez que são processos muitos diferentes do que aqueles que já utilizava no restaurante. Passamos a aplicar as boas práticas de fabricação e de segurança alimentar, além de planejar novas maneiras de comercializar os produtos, inclusive por meio das redes sociais e da internet”, completa.

 

 

Assessoria de Imprensa Sebrae/PR

(41) 33305895 | (41) 988140721