Novidade

Espaguete, panqueca, hambúrguer e brownie. Livro traz receitas diferentes com o feijão

São 22 receitas preparadas por chefs com o objetivo de ampliar o consumo e estimular a produção local da leguminosa

Brownie, curry, panqueca, hambúrguer, espaguete e até buchada. Essas são algumas das receitas presentes no e-book Viva o Feijão, disponível para download no site do Sebrae, que apresenta o feijão como protagonista. O livro contém 22 receitas criadas por chefs renomados com a leguminosa, além de ter curiosidades, informações, fotos e playlist de música selecionada pelos chefs para utilizar durante a produção. 

O material foi elaborado pelo Sebrae Paraná, em parceria com o Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses (Ibrafe), a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e a Associação Paranaense para Desenvolvimento da Agroecologia (AOPA). 

Segundo a consultora do Sebrae Paraná, Maria Isabel Guimarães, o Paraná produz cerca de 33 variedades diferentes de feijão. “O Brasil é o maior produtor do mundo e nós entendemos que a leguminosa não precisa ser utilizada apenas como acompanhamento. O feijão possui muita proteína e pode servir como uma matéria-prima para a indústria, presente em outros pratos e produtos, salgados ou doces”, diz. 

Espaguete de feijão e arroz 

A chef Gabriela Carvalho, do Quintana Gastronomia, em Curitiba, é uma entusiasta do produto e nota potencial para desenvolvimento. “Nosso setor reconhece o feijão como um alimento do presente e do futuro. Além de ser muito bom para o organismo, para a natureza e para os produtores, ele pode alavancar o fortalecimento da agricultura familiar”, afirma. 

Entre suas receitas, a chef destaca o espaguete produzido com base de feijão. Segundo Gabriela, a inspiração veio durante a busca de um prato comum na mesa do brasileiro que pudesse ser reinventado. “Sou mãe e gosto de ter opções nutritivas e com diferentes formas. Nesse caso, você transforma um item valioso, como o feijão, em um produto que atrativo, que as pessoas desejam”, ressalta a chef. 

A chef do Quintana Gastronomia ainda lembra que a receita completa presente no e-book Viva o Feijão é versátil e pode ser utilizadas diferentes tipos de bases para a massa. “Temos a opção com base de queijo, mas vale a pena experimentar outras opções. Uma opção com alho, azeite e vegetais, por exemplo. São produtos que possuem essa diversificação”, completa. 

Frijol colado 

O chef Vavo Krieck preparou a receita de frijol colado, doce que possui o feijão como base. De acordo com ele, a leguminosa é nutritiva, versátil e subaproveitada. “Parece que está cristalizado na mente das pessoas que feijão é caldo e acompanhado de arroz ou farofa.  Com as ações, os impactos podem ser traduzidos em um novo olhar para algo tão cotidiano que era servido como um acompanhamento, que agora passa a ser a estrela do prato com inúmeras possibilidades de preparo”, conta. 

Para preparar o frijol colado, o chef utiliza feijão preto, açúcar mascavo, canela, cravo da índia e gergelim tostado. “O processo é similar ao de um brigadeiro de panela. É preciso que o cozimento do feijão seja no ‘ponto mais’ com canela em rama, e depois liquidificar bem”, explica o chef. 

A receita completa está disponível no e-book. O chef ainda reforça que tudo depende do consumidor. “Sugiro que faça uma primeira vez e vá ajustando quanto a doçura e até mesmo os temperos e especiarias. De repente, um tempero de pão de mel cairia bem”, finaliza.

 

Sobre o Sebrae 50+50

Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema "Construir o futuro é fazer história". Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.