Inovação

HackDay estimula a criação de soluções para o setor da saúde em Guarapuava

Evento teve 10 horas de duração e resultou em oito ideias de negócios inovadores

Acadêmicos, profissionais de saúde e de tecnologia da informação e servidores públicos municipais participaram no Hack Day, evento promovido pelo Sebrae/PR e pela Prefeitura de Guarapuava, no dia 17, com o objetivo de estimular a criação de soluções tecnológicas para o setor. O evento faz parte da Conferência Guarapuava 2035, que segue até o dia 9 de dezembro.

Foram criadas oito ideias de negócios. Três delas foram selecionadas por uma banca de jurados e receberão mentorias do Sebrae/PR e incubação no Cilla Tech Park. Em primeiro lugar ficou o projeto EducaSUS Guarapuava. Em segundo lugar o projeto Glicoff kids, um aplicativo semelhante a bomba de insulina, apenas para monitoramento dos índices glicêmicos, auxiliando a criança diabética a manter uma vida saudável. O terceiro lugar ficou com o tema “Integração de exames com o projeto FER”.

O EducaSUS Guarapuava é uma plataforma criada com o objetivo de qualificar a Assistência à Saúde na Atenção Primária do Município, além de promover a educação permanente em saúde, com a atualização dos servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Guarapuava, como também melhorar o atendimento da população.

Conforme Mônica da Silva Tavares, uma das integrantes da equipe e diretora do Departamento de Gestão, Trabalho, Educação e Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, alguns cursos ofertados através da plataforma serão obrigatórios e outros optativos.

“O objetivo é que a plataforma sirva de interface entre a instituição e o servidor da Secretaria, e tem três grandes áreas de abrangência. Uma delas é a possibilidade de termos incentivo salarial para quem realizar atividades de formação e cursos, com incremento de até 1,25%, ao ano. Isso já acontece na Secretaria de Educação, e pretendemos que seja uma realidade também na Secretaria de Saúde”, explica.

Outro foco da plataforma é incentivar a educação permanente do público-alvo através das instituições de ensino superior de Guarapuava. Além disso, facilitar o acesso do médico clínico geral com o profissional especialista. A comunicação poderá ocorrer de forma síncrona ou assíncrona, através da plataforma. “O objetivo é diminuir a fila de encaminhamento para os médicos especialistas e dinamizar todo o processo”, comenta Mônica.

Para a consultora do Sebrae/PR, Thaíse Amaral, o poder público, através da Secretaria Municipal de Saúde, demonstrou sensibilidade ao promover o evento e enxergar que melhorias podem ser implantadas no setor.

“Identificar quais os problemas que a população enfrenta e buscar soluções é fundamental para qualquer gestão. Quando nos reportamos à Guarapuava, temos um ecossistema de inovação que tem se destacado pelas ações, pelo entrosamento e pelo alto investimento intelectual e social”, analisa.

Para a assessora da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Moema França, o momento pandêmico exprimiu a necessidade de traçar saídas acessíveis para a saúde pública. “Nós queremos que a Secretaria realmente comece a pensar diferente. E ações que a gente pensa para o futuro, precisam começar a ser construídas agora. Nós queremos aproveitar esse momento em que as pessoas estão mais preocupadas com a saúde, para traçar o amanhã”, destaca.

Assessoria de Imprensa Sebrae/PR

Telefones: (42) 98827-9194 | (41) 3330-5895