Tradição e mercado

Micro e pequenos negócios inovam para vender nas festas juninas

Com a pandemia, as alternativas para comemorar os festejos em casa aumentam e se consolidam como uma forma de manter a cultura viva

Canjica, pamonha, quentão, bolo de milho, pé-de-moleque, curau, pipoca, milho assado. Quando se trata de festas juninas, a lista de comidas típicas é grande e apetitosa. Neste ano, com a segunda temporada de festejos juninos afetada pela pandemia, os micro e pequenos negócios têm investido em novas formas de consumo para proporcionar a comemoração em casa, sem aglomerações.

O consultor do Sebrae/PR, João Luis Moura, afirma que a festa junina é uma ótima oportunidade para quem deseja alavancar os negócios na área. “Delivery e venda pela internet são fundamentais nesses tempos de pandemia, além da divulgação em redes sociais. Quanto mais você conseguir atingir outros públicos, a chance de vender mais também aumenta”, analisa.

É o caso da empreendedora Yana Elias, proprietária de duas unidades da Loja da Torta em Curitiba e que apostou na divulgação nas redes. O conceito das lojas é trazer memórias afetivas através dos pratos, e pensando nisso surgiu a ideia da cesta junina. “Sempre fizemos algo especial nesta data, mas no ano passado com a pandemia achamos triste não ter e pensamos na cesta. Foi um sucesso, por isso repetimos a dose esse ano”, diz Yana.

Composto por quentão, bolo de fubá, pinhão, bolo de pote de paçoca, brigadeiro, cajuzinho, amendoim açucarado, canjica cremosa, canudinho de doce de leite e mini doguinho, a cesta é um afago para quem ama esta data. O destaque fica por conta do bolo de paçoca, e a Yana carinhosamente conta: “Ele vem com uma história maravilhosa de bolo de família, é a receita da minha Vó Icelda”, comenta.

Os kits de alimentação são uma ótima proposta para a época devido a procura, mas a dica aqui é para que o empreendedor seja criativo. Incorporar a cesta junina a um kit de decoração, por exemplo, faz com que a experiência do cliente seja ainda melhor. Uma empreendedora em Londrina, no norte do Estado, atenta ao cenário, decidiu propor uma parceria entre a sua loja de decoração para festas com alguns outros empreendedores da região do setor de alimentos para montar um kit completo de festa junina.

Andressa Machado de Lima Gonçalves, proprietária da Festas Ecológicas, relata que já havia produzido cestas juninas no ano passado, mas que eram kits com itens mais básicos como as tradicionais bandeirinhas. Neste ano, ela propôs parceria com empreendedores que mantinha contato e já conhecia a qualidade dos produtos ofertados. Assim, a cesta agora conta com a decoração e também alimentos típicos como doces mineiros, caldo de mandioca, sanduíche de pernil, canjica e bolo de fubá.

“Este ano fizemos tudo com antecedência e percebemos uma procura maior. O pessoal está acatando bem a ideia e procurando mais também. A ideia era relembrar as quermesses do passado, que o pessoal já estava acostumado e hoje faz tanta falta até mesmo pela pandemia”, relata.

Assessoria de Imprensa Sebrae/PR

Telefones: (41) 99860-0023 | (41) 33305895