Território

Prêmio Inova Oeste vai valorizar iniciativas inovadoras da região

Neste ano, iniciativa vai reconhecer empresas, instituições de ensino, entidades governamentais e como novidade, personalidades ligadas à inovação

Para fomentar a inovação regional, incentivar e dar visibilidade aos responsáveis pelos projetos implementados, o SRI Iguassu Valley por meio do Programa Oeste em Desenvolvimento, apoiado pelo Sebrae/PR e Senai, lança mais uma edição do Prêmio Inova Oeste.

A premiação, que ocorre desde 2019, tem dois objetivos principais. O primeiro é reconhecer esforços, soluções e resultados inovadores em organizações públicas e privadas do Oeste do Paraná, considerando três tipos de inovações: em produtos, em processos e organizacional. O segundo é reconhecer personalidades de empresas, instituições de ensino e pesquisa e governo, que contribuíram de alguma forma para o fortalecimento e desenvolvimento de inovação no ecossistema SRI Iguassu Valley.

“Acreditamos nos bons projetos da região e queremos fomentá-los, dando visibilidade e reconhecendo todos os esforços empregados. Com esses prêmios, queremos valorizar líderes de grandes empresas, empreendedores, MPE, instituições de ensino, startups e instituições governamentais que tenham a inovação como prioridade”, explica o gerente regional do Sebrae/PR, Augusto Stein.

Sobre as categorias

No primeiro objetivo, são três categorias: inovação em produtos, inovação em processos e inovação organizacional, que são disponibilizadas para empresas de vários portes, instituições de ensino e pesquisa e entidades públicas.

“A inovação em produtos abrange mudanças significativas nas potencialidades de produtos e serviços. Nesse âmbito, incluem-se bens e serviços novos ou aperfeiçoamentos importantes para produtos existentes, que proporcionam valor ao cliente. Na inovação em processos, queremos valorizar aqueles que envolvem mudanças significativas nos métodos, fluxos e processos operacionais (produção, distribuição, finanças, gestão de pessoas e outros). Já na parte organizacional, vamos premiar mudanças em práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas das instituições que possam beneficiar todo o ecossistema”, explica Eliane Ritter, gerente do Senai e coordenadora do GT Prêmio InovaOeste do SRI Iguassu Valley.

Para propor o projeto, é preciso cumprir alguns critérios como: criatividade e inovação; aplicabilidade e funcionalidade; impacto científico, tecnológico, ambiental, econômico e social, e apresentação do material submetido.

Reconhecer as personalidades integrantes da chamada tríplice hélice (instituição de ensino e pesquisa, empresa e governo), que contribuíram para o fortalecimento e desenvolvimento da inovação no ecossistema SRI Iguassu Valley é segundo objetivo da premiação. Nesta, as categorias são divididas por segmento: empresas, personalidades e instituições de ensino. Os critérios para indicação são: interatividade com o ecossistema; capacidade de planejamento e execução; liderança e proatividade e efetividade e resultados. As indicações e julgamento serão feitos por meio de comissão.

Em ambas, as informações estão no site http://oestedesenvolvimento.com.br/premioinovaoeste/ até o dia 31 de outubro. Na sequência, haverá seleção dos finalistas. A lista será divulgada até o dia 22 de novembro. Depois, uma comissão julgadora se reunirá para definir os vencedores das três categorias de cada objetivo e o resultado será divulgado no dia 1º de dezembro, durante o LINK SRI/Iguassu Valley.

“Convidamos a sociedade a se engajar e participar conosco dessa iniciativa de valorização e reconhecimento. Cada vez mais, a inovação tem se destacado na nossa região e o Prêmio Inova Oeste é uma oportunidade de coroarmos os esforços de todos aqueles que se dedicam a fomentar, cada dia mais, o nosso ecossistema”, finaliza Augusto Stein.

 

Assessoria de Imprensa Sebrae/PR

Telefones: (45) 99964-4457| (45) 98801-2920 | (41) 3330-5895