Oeste do Paraná

Sebrae e Biopark vão investir mais de R$800 mil para captação e aceleração de empresas

Termo de cooperação prevê a criação de uma nova metodologia de apoio aos Parques Tecnológicos no Brasil

Com o objetivo de atrair empresas, impulsionar o empreendedorismo inovador da região oeste e criar mecanismos que possibilitem a aceleração de novos negócios, Sebrae e Biopark lançaram, nesta quinta-feira (28), uma iniciativa inédita de cooperação. A parceria, oficializada a partir de um termo que envolve Sebrae Paraná, Sebrae Nacional e Biopark, prevê investimentos de mais de R$800 mil em novas empresas.

O projeto é resultado de diversos trabalhos que vêm sendo desenvolvidos desde 2020 e inspira a geração de uma nova metodologia de apoio aos Parques Tecnológicos brasileiros. Neste momento, o projeto piloto será desenvolvido no Biopark, que já possui mais de 130 empresas instaladas e fomentou a geração de mais de 400 empregos diretos.

“Sebrae e Biopark sempre tiveram suas pautas alinhadas e temos um longo histórico de parcerias de sucesso. Agora, com esse novo termo de cooperação, esperamos testar uma nova modalidade de investimentos em Parques Tecnológicos para que, em breve, outros locais possam utilizar a mesma ferramenta, oferecendo inovação, desenvolvimento e estrutura para os empreendedores locais”, indica o diretor de Negócio do Biopark, Paulo Victor Almeida.

De acordo com o termo, a parceria vai disponibilizar mais de R$800 mil para investimentos nas empresas – sendo mais de R$500 mil cedidos pelo Sebrae e os outros mais de R$300 mil pelo Biopark. Os valores serão destinados para empresas captadas pelo Programa a partir de um edital, que será divulgado em agosto. Depois, entre setembro e outubro, haverá a contratação das empresas selecionadas para que a partir daí se iniciem os trabalhos de aporte e investimento.  

“Esse trabalho é um projeto piloto para testarmos uma nova metodologia de investimentos e aceleração. Queremos, junto ao Biopark, que já é referência em inovação e incubação, ajudar novos negócios a crescerem. O investimento previsto é grandioso e temos certeza de que essa cooperação vai desenvolver ainda mais os talentos empreendedores da região oeste paranaense”, destacou Paulo Cabral, gerente de Inovação Sebrae Nacional.

Termo de cooperação

Desde 2020, o Sebrae Paraná realiza dentro do Biopark, um programa de desenvolvimento empresarial, que contempla atendimentos gratuitos a empresas residentes, incubadas ou internacionais. A partir deste trabalho, 92 empresas foram atendidas. Agora, o termo de cooperação prevê a ampliação dos atendimentos, oportunizando, também, o a subvenção econômica.

Para isso, foram estabelecidos três pilares: ampliação a captação de empresas nacionais e internacionais; proporcionar desenvolvimento rápido e sustentável das empresas instaladas e ampliar o conhecimento técnico e eficácia das equipes na captação de empresas.

“Temos mais de cem parques tecnológicos pelo Brasil e teremos a oportunidade de testar essa nova modalidade de investimentos no Biopark. Com isso, esperamos apoiar os empreendedores e oferecer ainda mais apoio para que eles possam inovar e desenvolver os seus negócios”, enfatizou o diretor de operações do Sebrae Paraná, Julio Cezar Agostini.

O cronograma iniciou com a assinatura do termo. Agora, nos próximos passos, estão previstas seis fases: elaboração da metodologia, preparação, implantação, verificação, avaliação da metodologia e repasse da metodologia. Entre maio e junho, está prevista a formalização do convênio. Em julho, será elaborado o edital para captação de empresas. Em agosto, haverá a divulgação do documento e, em setembro, a contratação das empresas captadas. Entre setembro e março de 2023, está previsto o monitoramento de desenvolvimento e evolução das empresas que receberam aportes financeiros.

Participaram da assinatura do termo de cooperação, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Paraná e presidente da Faciap, Fernando Moraes; o diretor-superintendente do Sebrae Paraná, Vitor Roberto Tioqueta, o gerente da Regional Oeste do Sebrae Paraná, Augusto Stein; além de representantes de associações e instituições.