Qualidade

Selo Alimentos aumenta faturamento de empresas na região norte do Paraná

Iniciativa atesta segurança, qualidade alimentar, excelência em gestão e auxilia pequenos negócios em ações de mercado

Nos últimos três anos, a indústria de pipoca doce de Gustavo Caldani, de Apucarana, atingiu crescimento na produção de 300% e aumento de 35% no faturamento por período. Os resultados são, de acordo com o empresário, oriundos da gestão profissionalizada e da implantação de práticas durante a participação no Programa Selo Alimentos do Paraná.

“Sou um fã do Programa do Selo.  Ele me incentivou no processo de modernização, profissionalização e qualificação da empresa. Implantei sistemas eficientes na gestão financeira, preparei para ampliar as vendas e hoje os produtos estão presentes nas principais redes de supermercados do Estado”, destaca Caldani.

O Selo Alimentos do Paraná reconhece a eficiência da gestão, segurança e qualidade alimentar de produtos de agroindústrias, indústrias e empreendimentos que beneficiam alimentos e bebidas de pequeno porte.  Realizado pelo Sebrae/PR, com a Fecomércio PR, Fiep, Associação Paranaense de Supermercados (Apras) e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) no comitê gestor, o Programa objetiva a melhoria de processos produtivos, aprimoramento da qualidade e boas práticas de gestão em empreendimentos de micro e pequeno porte do segmento de alimentos e bebidas. A metodologia segue as normas sanitárias vigentes e o MEG – Modelo de Excelência da Gestão, da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). Todo o processo tem como avaliador o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

A indústria de alimentos saudáveis de Sandro Castro, de Ibiporã, obteve o Selo Alimentos Paraná em 2018. Entre os benefícios atingidos no programa, o empresário destaca o estímulo à reflexão sobre o negócio, o desenvolvimento de uma visão sistêmica e profissionalizada da gestão e a integração da equipe aos objetivos da empresa. “Aliado a isso, estamos vivendo bons anos de crescimento na produção e vendas, o Selo veio para potencializar estas marcas. Em 2018 registramos aumento de 80% no faturamento, o que nos estimular a crescer ainda mais”, conta.

As empresas de Gustavo e Sandro fazem parte do grupo de 25 negócios da região que possuem a certificação. São empreendimentos de diversas cidades, como Arapongas, Assaí, Sertanópolis, Jacarezinho e Joaquim Távora.

Consultor do Sebrae/PR, André Araújo de Azevedo, destaca que as empresas interessadas em se preparar para conquistar a chancela podem procurar os escritórios do Sebrae/PR até o mês de junho. “A partir do momento em que elas ingressarem, serão acompanhadas e orientadas até que estejam prontas para serem auditadas. Entendemos que aquelas que buscam a certificação de qualidade demonstram para o mercado que se diferenciam e têm boas práticas na gestão e produção de alimentos”, explica.

Azevedo lembra que as empresas certificadas ganham o direito de estampar o Selo do Programa em produtos e peças de comunicação. Além da visibilidade maior na gôndola, por levar o Selo no rótulo, e de um catálogo, que reúne todos os produtos chancelados, o Programa prevê também ações de mercado, como participação em feiras do setor e rodadas de negócios. Para 2019 estão previstas ações de mercado customizadas por segmento e  a participação em eventos nacionais e internacionais.

Segundo pesquisa feita com as empresas participantes do programa, divulgada em 2018, houve aumento de faturamento médio de 7% dos negócios com os eventos de mercado e um aumento de 8% na fidelização da carteira de clientes que os eventos proporcionam. “São inúmeros os benefícios para aquelas empresas que buscam melhorias e conquistar o Selo”, frisa o consultor.

Sobre o Selo

Validado pelo Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná), o Selo tem validade de 12 meses. A metodologia para obtenção segue as normas sanitárias vigentes e o MEG (Modelo de Excelência da Gestão), da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). 

Inspirado na região italiana da Emília-Romanha, referência mundial em alimentos de qualidade produzidos por pequenas empresas, o Programa Selo Alimentos tem como meta tornar o Paraná conhecido em todo o País neste segmento.

 

Contato para imprensa:
Camila Cabau - (44) 99944-6418 | (44) 98820-7083
Adriano Oltramari – (41) 33305895

 

 

Tags: Sebrae/PR, Selo Alimentos do Paraná