Turismo

Selo de Qualidade reconhece a excelência de 118 pequenos negócios do Paraná

Mais de 80% deles são dos segmentos de gastronomia e hospedagem; a novidade deste ano é a premiação por Regiões Turísticas

Empresas de micro e pequeno porte que atuam nos segmentos de gastronomia, hospedagem, espaço para eventos, agências de turismo receptivo, transporte turístico, locação de automóveis e organização de eventos vão receber o Selo de Qualidade no Turismo do Paraná. A chancela, que incentiva a melhoria da competitividade e reconhece empreendimentos que investirem em gestão e qualidade, será entregue no dia 15 de março, às 16h, em cerimônia no Sebrae/PR, em Curitiba.  Serão 121 selos para 118 empresas. 

O programa é desenvolvido pelo Sebrae/PR e Fecomércio PR, com a parceria da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Paraná (ABIH-PR), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná (Abrasel-PR), Associação Brasileira de Agências de Viagens do Paraná (Abav-PR), Associação Brasileira de Empresas de Eventos do Paraná (ABEOC/PR), Paraná Convention e Paraná Turismo. 

Nos últimos dois anos, 230 micro e pequenas empresas participaram do Programa Selo de Qualidade no Turismo do Paraná. Indicadores levantados durante a aplicação da metodologia apontam que, em 2017 e 2018, houve aumentos médios de 27% na carteira de clientes e 22% de faturamento entre as participantes do Programa em todo Paraná.

O processo de implementação de melhorias na empresa à certificação pode durar até dois anos. Tudo começa com um diagnóstico, que origina um relatório com o plano de inovação e melhorias. Além das capacitações específicas, também são promovidas ações coletivas com o grupo participante do Programa. “Pegamos um aspecto que é comum a todos, como inovação, por exemplo, para trabalhar coletivamente. Também são realizadas viagens a destinos semelhantes, para que os empreendedores se inspirem com as melhores práticas no seu segmento”, explica a consultora do Sebrae/PR Patrícia Albanez.

Mais de 80% das empresas que receberão a chancela são dos segmentos de gastronomia e meios de hospedagem. Entre os critérios avaliados estão excelência em gestão, processos essenciais de cada setor e qualidade no atendimento ao cliente. “Essa parte é feita com um turista oculto, avalia todos os canais de atendimento do negócio”, detalha Patrícia.

O objetivo de associar a marca ao Selo de Qualidade no Turismo Paraná – que atesta qualidade em gestão, processos e serviços oferecidos – é aumentar a credibilidade dos pequenos negócios paranaenses e garantir, assim, um diferencial competitivo no mercado. “Trata-se de um reconhecimento técnico, que proporciona às empresas um melhor posicionamento no mercado. O grupo que tem o Selo também recebe prioridade nas ações de acesso a novos mercados promovidos pelo Sebrae/PR, como participação em feiras e eventos, rodadas de negócios e missões de benchmarking”, afirma a consultora.

Além do aumento de sua carteira de clientes, 100% das empresas participantes aderiram a ações de sustentabilidade e responsabilidade social. A novidade deste ano é a premiação por Região Turística, diferentemente do que ocorreu nas edições anteriores. São 118 empresas que receberão 121 Selos, sendo: 28 da Rota do Pinhão; 25 de Corredores das Águas; 20 de Cataratas e Caminhos; 17 dos Campos Gerais; 18 do Litoral; seis do Norte do Paraná; três de Terra dos Pinheiras; duas de Ecoaventuras Históricas e Sabores; além de duas de Imbituva e Imbaú.  

  

Contato para imprensa:
Yrit Sitnik - (41) 99873-2909| (41) 3035-5669
Adriano Oltramari – (41) 3330-5895
www.pr.agenciasebrae.com.br