Inovação

Viva o Feijão lança Desafio dos Chefs paranaenses

Cozinheiros receberam kit com produtos a base de feijão para criar receitas diferenciadas

O Projeto Viva o Feijão – parceria entre o Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses (Ibrafe) e o Sebrae/PR – segue suas ações em prol da diversificação no consumo de Feijões. Nesta etapa, foram distribuídos 20 kits para chefs paranaenses com produtos à base de feijão. O desafio de cada restaurante é desenvolver novos pratos com esses ingredientes e incluí-los em seus cardápios.

Cada kit contém farinha de Feijão da Cisbra, Feijões diversificados da Caldo Bom e macarrão de Feijão da Urbano. O objetivo do “Desafio dos Chefs – Viva o Feijão” é que cada um utilize os ingredientes para desenvolver pratos interessantes e inéditos para oferecer aos seus clientes.

“Dessa forma, apresentamos novos produtos aos chefs paranaenses e incentivamos a utilização desses produtos em novas receitas. Queremos que cada restaurante do estado que mais produz feijão no Brasil possa oferecer esse ingrediente tão rico, que faz parte da nossa cultura”, declarou o presidente do Ibrafe, Marcelo Eduardo Lüders.

A chef Gabriela Carvalho, proprietária do Restaurante Quintana, é uma das apoiadoras do Viva o Feijão e vê com muito bons olhos essa iniciativa.

“O Desafio dos Chefs mostra que o consumo de Feijões e seu amplo universo de variedades, seja de grãos, seja de texturas, como farinhas ou massas, são um caminho perfeito para fortalecer a cadeia produtiva, tanto do produtor no campo, quanto no desenvolvimento de seus filhos como futuros produtores. É o nosso consumo que vai garantir a diversidade de sementes e com isso fortalecer a biodiversidade no planeta. De verdade, é gigante o impacto que os Feijões têm em nossas vidas”, afirmou a chef.

Ela acrescenta que “o feijão é o alimento do futuro, supernutritivo, acessível e valioso para curar deficiências de fome, obesidade e economia das nações”.

Parceiro do IBRAFE nessa iniciativa, o Sebrae/PR está presente nesse Desafio. A consultora do Sebrae/PR, Mabel Guimarães, afirma a expectativa em relação ao projeto é alta. “Estamos confiantes de que o Viva o Feijão vai trazer um resultado muito grande para toda a cadeia. Para os produtores que vão poder produzir feijões diferenciados e explorar novos mercados, aos chefs de cozinha que poderão aprender e apresentar novos produtos para seus clientes e para a indústria, porque estamos falando de novos produtos que vão utilizar matéria-prima de feijão”, explicou. 

Viva o Feijão

O feijão é o alimento que une os brasileiros, independente da classe social ou renda. Este rico alimento pode ser ainda mais protagonista da alimentação brasileira, trazendo inúmeras oportunidades para toda a cadeia produtiva, mais saúde para a população, impulsionando a economia, oferecendo novas experiências para os consumidores e reunindo a população com o mesmo objetivo.

A iniciativa do Ibrafe e do Sebrae/PR conta com o apoio da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e da Associação Paranaense para Desenvolvimento da Agroecologia (AOPA), que se unem para oferecer 12 meses de mudança de paradigma sobre esse alimento. Um evento voltado para o público consumidor, empresários e agricultores.

O objetivo é despertar o interesse de toda a cadeia produtiva – desde a semente até a mesa – pelo protagonista da cultura e da culinária brasileira. Produtores, supermercadistas, varejo especializado em alimentos, donos de restaurantes e chefs de cozinha são convidados a incentivar e promover novas experiências com grãos variados e explorar seus derivados, como farinhas e massas. A consequência do aumento da variedade de feijão no prato – em volume e espécies –, como consequência, a quantidade, surtirá efeito na lavoura, onde as áreas plantadas estão diminuindo até no Paraná, que é o maior produtor do Brasil.

 

Com Assessoria de Imprensa do Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses (Ibrafe)