Elas Inovam

Empreendedoras validam ideias de negócios em evento do Sebrae/PR

Maratona de ideias foi realizada no Conecta 2020; três projetos foram selecionados por banca julgadora

Aplicativo de turismo para pessoas com limitações físicas, clube de assinatura de chás e uma plataforma digital para planos de gerenciamento de resíduos sólidos. Essas foram as três ideias vencedoras do Ideathon, uma maratona criada para desenvolver ideias e novos negócios de empreendedoras paranaenses. O resultado e última etapa da Jornada Elas Inovam, foi divulgado no último sábado (10), no Conecta, do Sebrae/PR. 

As participantes da foram divididas em equipes e, como as atividades foram feitas em plataforma digital, não houve divisão por regiões. Onze projetos foram submetidos à banca julgadora e três foram premiados, com horas de consultoria para implementação das ideias. 

Em sentido horário: Dianalu de Almeida Caldata (gestora do programa Sebrae Delas), Luana de Andrade Nascimento (líder da Não me Limite), Daniele Felde (líder da Chá & Arte) e Luciane Flores Queiroz (líder da Ação Ambiental)

O primeiro lugar ficou a equipe Não me Limite (com aplicativo de opções de turismo para pessoas com limitações físicas). Na segunda posição, a ideia da Chá & Arte (clube de assinaturas de chás com foco no público infantil). A Ação Ambiental (plataforma digital para elaboração de planos de gerenciamento de resíduos sólidos) foi listada na terceira colocação. 

Julio Cezar Agostini, diretor de Operações do Sebrae/PR, comemora a participação das mulheres nas atividades do Conecta 2020. Mais da metade dos participantes foram empreendedoras (3.715 entre os 6.700 inscritos). 

“Um dos grandes propósitos foi atingido, que era atrair um expressivo número de mulheres empreendedoras e inovadoras. No Ideathon, elas tiveram reconhecidos ótimos projetos que comprovam que as mulheres têm muito a acrescentar aos novos negócios ligados à inovação”, analisa. 

Julio acrescenta que novas propostas devem continuar incentivando a participação feminina nos ecossistemas de inovação do estado. O Ideathon foi a fase final de uma ação com dois meses de empreendedorismo feminino, com foco na inovação, realizada dentro da Jornadas Elas Inovam. 

Ideias de futuro 

O Ideathon teve como objetivo validar ideias. É o primeiro passo para que um novo negócio possa surgir. Luana de Andrade Nascimento é fundadora da Não me Limite, uma plataforma inovadora que promove o turismo e ajuda pessoas com deficiências e limitações físicas a reservar hotéis, restaurantes e experiências com rapidez e agilidade. A ideia surgiu em uma conversa entre amigas, quando uma das integrantes da equipe, que é portadora de uma deficiência, relatou sua frustração e dificuldade para planejar suas viagens e experiências. A iniciativa rendeu à equipe o primeiro lugar no Ideathon. 

“Tivemos muito conteúdo relevante, conhecemos empreendedoras fantásticas, com as quais manteremos contato em uma grande rede de apoio, e o olhar dos mentores em nosso negócio nos ajudou a identificar pontos de melhorias. Somos muito gratas a toda a equipe”, comenta Luana. 

Daniele Felde é proprietária de uma franquia no bairro São Braz, da Chá & Arte, empresa curitibana focada infusões especiais e presentes. Durante o Ideathon, a equipe composta por ela e por Luísa e Juliana Treis apresentou uma proposta de plano de assinatura de chá para crianças, resgatando no passado a integração com a família e com a natureza, tomando chás e infusões saudáveis com insumos da agricultura familiar. 

“O aprendizado, a troca de experiência e poder conhecer a história de outras grandes mulheres foi uma experiência muito especial e gratificante no Ideathon. As mulheres precisam acreditar que podem crescer e aprender porque a mulher é sensível e coloca amor em tudo que faz. Todas são empreendedoras seja nas atividades em casa, seja com novas ideias. Elas só precisam acreditar e ter suporte e conhecimento para realizar”, diz Daniele. 

Para a administradora Luciane Flores Queiroz, da startup PGRS Online, a participação no Ideathon possibilitou definir as estratégias para tirar o projeto do papel e colocá-lo em prática. “A participação foi muito válida, principalmente pelas mentorias, que ajudaram a direcionar melhor quais serão os próximos passos”, frisa. 

A terceira colocação e o acesso a dez horas de consultorias do Sebrae/PR, segundo ela, incentivam nas novas etapas do projeto. “Já são 15 anos de experiência na área de consultoria ambiental, mas nosso objetivo agora é integrar a cadeia de resíduos sólidos através de uma plataforma digital”, complementa Luciane.

 

 

Assessoria de Imprensa Sebrae/PR

Telefones: (46) 99912-9002 | (41) 3330-5895 | (41) 99232-0502

www.twitter.com/sebrae_pr