União

Instituições de Francisco Beltrão debatem o futuro do ensino superior

Sebrae/PR, que tem programa para a educação empreendedora, também participa das discussões

Representantes das instituições de ensino superior de Francisco Beltrão deram início a um movimento conjunto para debater as perspectivas e tendências e trabalhar quesitos de inovação e tecnologia na formação dos novos profissionais. O primeiro passo reuniu integrantes da UTFPR - Câmpus Francisco Beltrão, Unipar, Cesul, Unioeste e Unisep com o Sebrae/PR, para discutir formas de atuação que resultem em respostas aos desafios apresentados pela introdução de novas tecnologias que criam novas profissões e condenam à extinção tantas outras. 

A primeira ação foi o I Seminário de Educação Superior de Francisco Beltrão, realizado no anfiteatro da UTFPR-FB, no dia 27 de agosto, e que teve a participação do diretor de Operações do Sebrae/PR, Julio Cezar Agostini, e do gerente da Regional Sul, Cesar Giovani Colini. 

Os representantes do Sebrae/PR debateram sobre a educação do futuro e o ecossistema de inovação do Sudoeste, que já tem mais de dez anos. 

“O território tem mais de 40 instituições públicas e privadas trabalhando com essa pauta. A região já está dotada de ativos tecnológicos relevantes e precisa, agora, adotar uma pauta mais ousada, para mudar de patamar e, inclusive liderar algumas das verticais de desenvolvimento no Brasil”, aponta Julio. 

O diretor de Operações do Sebrae/PR também destacou a atenção especial para a nova economia. “Tudo envolve conhecimento. É colocar o conhecimento na produção, para ter maior valor agregado e gerar prosperidade econômica para todos”, resume. 

Claudineia Cabral, consultora do Sebrae/PR, considera a reunião das instituições de ensino um marco para a região. 

“Todas as universidades do município estão debatendo os rumos do ensino superior e os desafios que professores, alunos e instituições terão pela frente. Esse engajamento é importante para criar novas oportunidades para o avanço da região”, analisa Claudineia.

 Lindomar Subtil de Oliveira, diretor de Relações Empresariais e Comunitárias da UTFPR-FB, conta que a universidade promove todo o ano o Fórum Empresarial e Comunitário (Forec) e que o seminário foi realizado simultaneamente. 

“Este ano, o Forec teve como temas inovação e tecnologia e os impactos na educação do ensino superior. Depois de conversas com o Sebrae, surgiu a ideia de envolver todas as IES de Francisco Beltrão, que prontamente abraçaram a proposta”, relata. 

O diretor da UTFPR-FB ressalta a convergência das instituições para temas em comum e adianta a intenção de fazer com que o seminário seja realizado a cada ano em uma universidade diferente, para reforçar a aproximação.  

“É um novo passo, para discutir temas relevantes e traçar novas ações, em conjunto. A sinergia é o grande diferencial. Somar forças para traçar caminhos e estratégias para trabalhar com a tecnologia e a inovação no ensino superior”, afirma Lindomar de Oliveira. 

O coordenador dos cursos de Administração e Ciências Contábeis da Unipar de Francisco Beltrão, Idair Edson Marcello, observa que a educação no ensino superior está em constante transformação com as tecnologias que estão chegando rapidamente, como EAD e inteligência artificial. 

“O futuro das profissões é incerto. Além disso, há a introdução das metodologias ativas. Os alunos estão cada vez mais ligados às tecnologias, o que exige mudanças na didática. São desafios que os professores precisam lidar”, contextualiza. 

A visão de futuro é transformar os estudantes em protagonistas da transformação social e a Unipar mantém parceria com o Sebrae/PR quanto à educação empreendedora, desde 2015. 

“As IES precisam trabalhar em conjunto, pois o objetivo é o mesmo, de formar profissionais preparados para a vida. Quem ganha é a sociedade”, prega o professor Marcello.

 

 

Contato para imprensa:
Antônio Menegatti - (46) 99912-9002
Adriano Oltramari – (41) 3330-5895 / (41) 99232-0502