Workshop

Empresas do turismo do Vale do Ivaí discutem tendências e inovação no setor

Workshop com palestra, talk-show e networking foi realizado na sede do Sebrae/PR, em Apucarana

Micros e pequenas empresas, representantes de órgãos públicos e de entidades ligadas ao turismo na região do Vale do Ivaí se reuniram, nesta terça-feira (16), para participar de um workshop sobre inovação, tecnologia e tendências na sede do Sebrae/PR em Apucarana. O objetivo do evento foi fomentar a troca de conhecimento e o relacionamento entre as empresas do setor. O encontro foi realizado pelo Sebrae/PR, em parceria com a Fecomércio PR, Londrina Convention Bureau e Abrasel Norte do Paraná. 

A coordenadora estadual de Turismo do Sebrae/PR, Patrícia Albanez, abriu os trabalhos com a palestra “Tendências de Turismo - inovação, negócios e tecnologia”. Para isso, destacou algumas tendências do setor, como a necessidade de oferecer produtos direcionados para famílias, idosos e os jovens nascidos na era tecnológica; o crescimento do turismo lento e de bem-estar, ou seja, mais tempo para o viajante aproveitar e se integrar ao destino e que tem a experiência como propósito; o uso da inteligência artificial e tecnologia digital para a personalização de produtos e serviços; a contratação de bens e serviços, como hospedagem e transporte, por meio de plataformas digitais; além do foco na experiência e personalização da viagem para cada consumidor. “As tendências mostram o caminho para a inovação com base na compreensão das demandas e para melhorar a recepção, bem como a experiência dos clientes nos destinos turísticos”, enfatizou Patrícia. 

A programação do evento contou com um “bate-papo” realizado no formato de talk-show com foco no tema transformação digital e Selo de Qualidade no Turismo. Participaram da conversa os empresários Eduardo Frezarin, do Grupo Frezarin, e Roberta Borghesi, da TNT Viagens e Negócios. O workshop foi encerrado com uma rodada de networking para a troca de contatos e experiências entre as empresas. 

Para o diretor-executivo do Londrina Convention Bureau, Arnaldo Falanca, o evento foi interessante, já que os empreendedores do turismo estão ávidos por conhecimento, especialmente relacionado às novas tecnologias e inovação. O que falta para o setor, segundo ele, é uma interação maior. “Existe uma necessidade de maior interação, sair do ambiente da empresa e buscar saber o que está acontecendo lá fora”, opinou. Falanca destacou ainda que a tecnologia permite ampliar as conexões e a divulgação do negócio, por isso, é uma ferramenta indispensável em pequenas cidades. 

O diretor-executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Norte do Paraná (Abrasel), Vinicius Donadio, disse que o turismo regional vive um novo momento, com lideranças empenhadas em conectar os setores. “Temos um turismo gastronômico ativo muito forte e fazemos parte do trade de maneira atuante. O uso de tecnologias é uma exigência do mercado, as empresas precisam estar cada vez mais conectadas com os seus clientes”, apontou. Para ele, o workshop, além de aproximar as empresas, contribuiu para criar oportunidades de negócios. 

Na avaliação da presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Apucarana (Sivana), Aída Assunção, as empresas do turismo no Vale do Ivaí ainda atuam de maneira isolada. “A rodada promovida durante o evento fez com que as empresas se conhecessem. É preciso que a região e as entidades se conversem e tracem estratégias conjuntas para o setor”, afirmou. Aída, que é empresária do ramo de flores há mais de 30 anos, destacou, também, a importância da tecnologia para os negócios de hoje. “Criamos o nosso site há sete anos e usamos as redes sociais para o marketing e vendas. A tecnologia veio para facilitar a vida dos clientes”, lembrou. 

O proprietário de uma vinícola em Apucarana, Rogério Carnasciali, participou do workshop para buscar informações sobre o potencial da região para o turismo. Ele pretende abrir para visitação, no segundo semestre, a propriedade onde realiza a produção dos vinhos. “Estamos a 45 quilômetros de 2 milhões de pessoas, entre Londrina e Maringá. O acesso é por estradas duplicadas, então, o contexto é positivo e a região muito bonita”, contou, animado com o negócio. A inovação está presente em cada detalhe do empreendimento. “Trabalhamos com uvas francesas, agricultura de precisão, além de assessoria técnica qualificada”, destacou.

 

Contato para a imprensa: 
Amanda de Santa - (43) 98808-2598 / (43) 99917-7751
Adriano Oltramari - (41) 3330-5895