Energia

Pesquisa levanta dados sobre a produção do biogás e biometano nos Campos Gerais

Levantamento será realizado em propriedades rurais da região e vai auxiliar no desenvolvimento da cadeia de valor do biogás

O Sebrae/PR, a CIBiogás e a United Nations Industrial Development Organization (Unido) vão a campo, em agosto e setembro deste ano, para identificar quais são os principais desafios na produção do biogás e biometano na região dos Campos Gerais. A pesquisa, por amostragem, será realizada em aproximadamente 20 propriedades rurais que já produzem biogás ou tem potencial para a produção. A previsão é que o levantamento seja concluído em outubro deste ano. 

A ação é decorrente do “Projeto para o Desenvolvimento do Biogás e Biometano no Sul do País”, fruto do Termo de Cooperação assinado em março deste ano entre o Sebrae/PR, a CIBiogás e a United Nations Industrial Development Organization (Unido) - agência das Nações Unidas especializada no sistema. 

“Vamos conversar com produtores rurais, conhecer a estrutura das propriedades, entender o porquê  quem tem potencial de produzir biogás ainda não tem interesse em tornar um passivo ambiental e um ativo econômico. Avaliar quais são os principais desafios enfrentados pelos que já produzem o gás proveniente da decomposição da matéria orgânica”, diz o consultor do Sebrae/PR, Emerson Ribeiro Lourenço. A pesquisa de campo tem como base a metodologia Foresight, que busca “prever o futuro” pelas tendências do mercado mundial. 

Com o resultado da pesquisa, que deve ser finalizada até outubro deste ano, será possível auxiliar o público-alvo com ações específicas e prioritárias, seja por meio de eventos sobre o tema ou de iniciativas que ajudam a desenvolver a cadeia de valor do biogás, com o envolvimento de startups, instituições de ensino superior e entidades. 

No último dia 25, fornecedores de tecnologias para o segmento, potenciais produtores de biogás, produtores rurais, professores, pesquisadores e acadêmicos de instituições de ensino superior conheceram o “Projeto para o Desenvolvimento do Biogás e Biometano no Sul do País”, no 1º Seminário Biogás – Campos Gerais, realizado no Moinho da Castrolanda, em Castro. 

O tema despertou a atenção do professor e pesquisador da Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR), de Ponta Grossa, Daniel Poletto Tesser, que afirma já ter desenvolvido algumas atividades na área de biogás junto com um grupo de pesquisa. 

“O projeto do Sebrae/PR, CIBiogás e Unido, desenvolvido para a região, é muito interessante, tem potencial para dar certo e conta com o envolvimento de diversos atores públicos e privados em um momento que a energia passa ser fator relevante para o crescimento econômico”, diz. 

Na ocasião, o especialista em Gestão de Negócios da Unido, Bruno Casagrande Neves falou sobre a importância do fortalecimento da cadeia produtiva do gás, sobre os investimentos econômicos sustentáveis para a produção e sobre a necessidade de se criar e fortalecer uma coordenação política e institucional setorial. 

O diretor de Desenvolvimento Tecnológico da CIBiogás, Rafael Hernando de Aguiar González, apresentou o case de sucesso de Entre Rios do Oeste, localizado a 130 km de Foz do Iguaçu, primeiro município do Brasil a ter fornecimento de energia elétrica a partir do biogás, oriundo de um condomínio de agroenergia. Além de resolver um problema ambiental, o projeto, desenvolvido pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Centro Internacional de Energias Renováveis – Biogás (CIBiogás), Copel e Prefeitura de Entre Rios do Oeste, trará benefícios econômicos para o município e os produtores rurais. 

Também participou o Gerente de Negócios de Energias da Castrolanda, Vinicius Guilherme Danieli Fritsch, que apresentou o mapeamento das soluções em energias renováveis, realizado em 2015, e que pode ser aplicado pela Cooperativa. O levantamento é fruto de uma cooperação técnica entre a Castrolanda e o Sebrae/PR e teve como base o Programa Sebraetec – Serviços em Inovação e Tecnologia, na modalidade aglomerados produtivos, com investimento de ambas as entidades.

 

Contato para imprensa:
Patrícia Biazetto – (42) 9.8869-4255 / (42) 9.8827-9194
Adriano Oltramari – (41) 3330-5895

Tags: Sebrae/PR, energia